Monday, May 7, 2018

Para Servir

Certo, não posso dizer que foi um grande projeto, mas foi divertido e acho que vai ser bem útil (além do visual ter me agradado bastante). 



Outro dia eu e o filhote fomos a uma loja de material de construção e achamos essas placas de cerâmica (R$5,90). Ficamos interessados e começamos a escolher algumas, o que foi bem difícil, já que eram vários modelos muito bonitos.


Além disso, ainda tivemos que decidir entre o fundo branco/texto preto ou fundo preto/texto branco, o que foi outro drama. Uma dor no coração de devolver algumas peças para as prateleiras...

No fim, ficamos com 3 brancas e 2 pretas (mais do que tínhamos pensado em comprar, mas não conseguimos devolver mais nenhuma depois de reduzir as placas a 5 unidades).



Nossa idéia foi criar uma tábuas de frios/aperitivos (coisa que gostamos muito aqui em casa). Com as medidas em mãos, pedi para um carpinteiro fazer uma base com um rebaixo central onde eu pudesse embutir as placas, deixando uma moldura de 1,5cm nas bordas.

Ele fez as bases em imbuia e eu protegi a madeira com selador antes da montagem final (e como a madeira "apareceu" depois dessa etapa!).


Ficamos com uma tábua de cada cor:


Práticas para servir um aperitivo e ainda fazer bonito na mesa!



O arranjo aqui foi simples, com o que a gente tinha em casa assim de improviso. Quando fizer um arranjo mais elaborado, com certeza elas vão aparecer por aqui novamente.

Tenham uma ótima semana!

Sunday, April 15, 2018

Quarto Master - Enfim, Pronto!

Nem acredito que estou escrevendo este post hoje! Sim, o nosso quarto está pronto! Chegamos ao tão esperado fim! 

A mudança envolveu muito trabalho e fiz praticamente tudo sozinha. Só contratei dois serviços: o primeiro do eletricista, para mudar um ponto de luz, e o segundo do serralheiro, que fez a estrutura metálica da minha estante suspensa.

Como qualquer "antes e depois" que se preze, vamos às fotos do quarto como estava no início do processo (com meu plano de relocar a cômoda para o outro ambiente):


Detalhe do meu lado da cama (na vida real a parede era mais azulada do que aparenta pela foto):


Quando mostrei essas fotos muita gente achou que o "antes" do quarto já estava legal, mas eu queria uma decoração mais leve, moderna, versátil e que contasse com mais texturas. Criei este moodboard como ponto de partida:


Muito mais informal que o quarto anterior. Fizemos algumas escolhas diferentes no meio do caminho, mas em geral a idéia estava bem amadurecida. Finalmente, bem-vindos ao nosso quarto, do jeito que é hoje:


Os tecidos demoraram uma eternidade para chegar, mas a espera valeu a pena (pelo menos eu achei)!



Detalhe da mesa de cabeceira do meu marido (a frase no porta-retratos foi uma brincadeira, mas deve ser um lema masculino):


Eu amei essa bandeja. Charmosa e super útil para organizar as miudezas do dia-a-dia. Comprei pelo Etsy. A plantinha é uma fitônia. Estava em uma área externa, sem sol direto, mas está indo muito melhor dentro de casa. Usei um bowl da TokStok que eu já tinha em casa como cachepô.



Mais um pouquinho da cabeceira...


... e esse é o meu lado da cama. As gravuras são do The Paris Print Shop, já comprei mil coisas de lá.



Na parede em frente à cama temos essa cadeira e uma mesinha. A mesinha, aliás, foi um achado! Saiu por R$89,90. Ela é inteira de metal e o tampo não é fixo, funciona como uma bandeja. Incrivelmente veio com a mesma cor das arandelas. Amo!



Na parede oposta fica o armário que quase foi eliminado do quarto, mas que ganhou uma nova chance (e uma nova moldura também).


Nosso shiplap na parede e a plaquinha feita a mão, que já estava pronta meses atrás. Fiz sem nem saber onde seria usada, mas gostei desse lugar aqui. O que vocês acharam?




Quando decidi fazer uma ilha central, eu sabia que ia querer um pendente. Mas e os preços? Tive uma sorte imensa de achar este por mais ou menos 200 reais em uma queima de estoque (pelo que me foi dito, era a penúltima peça de uma importadora). 

Nosso armário tem um módulo central mais profundo. Além de dar um movimento interessante na frente, cabe uma infinidade de coisas aí. O tapete também foi amor à primeira vista. 




Não resisti quando vi essa maranta à venda, achei linda. Ainda não estou satisfeita com a composição, mas aos poucos eu chego lá.


Esses livrinhos compramos em uma viagem. Lindos e úteis, a gente usa de verdade aqui em casa! Achei bacana que ficassem à mostra em um quarto de vestir.


E a estante suspensa, que não podia ficar de fora. Já tinha todos os enfeites, coma  exceção do quadro da prateleira inferior. Adorei a gravura e comprei sem saber exatamente onde ela ficaria. Não tive mais dúvidas quando a coloquei aqui.




Ufa! Será que mostrei tudo?

Da minha parte, acho que todo o trabalho valeu a pena. Cada vez que entro no quarto fico olhando tudo e me sinto satisfeita, feliz. Mas não tenho a pretensão de agradar todo mundo... dessa vez o projeto foi pra mim, para os meus objetivos. O que vocês acharam? Mudariam alguma coisa?

Muito obrigada para quem teve paciência para me acompanhar até aqui. Eu sei que o caminho foi longo!

Pra quem perdeu parte dessa transformação e quer ver algum processo específico, esses são os links anteriores:

Estante Suspensa

Armário

Frascos DIY

Plaquinha Pintada A Mão

Shiplap e Cortineiros

Com certeza o quarto ainda vai aparecer por aqui mais vezes. São muitos detalhes para mostrar e tentei fazer um apanhado geral para este post. E já fiz muitas coisas por aqui que ainda nem mostrei por total falta de tempo, mas estão na minha lista!

Até a próxima!

Tuesday, February 27, 2018

Voltando Ao Quarto...


Essa aqui foi uma das últimas mudanças que fiz no quarto antes da (longa) espera pelos tecidos. Temos este armário de uma só porta, que usamos para artigos de cama e banho. Antes de pintar o quarto eu estava muito insatisfeita com essa peça, pensando até em me desfazer dela. Não gostava nem do lugar que ela estava, nem da cor.

Mas mudei o layout do quarto, pintei as paredes. A madeira que eu não gostava de repente parecia outra. Fiz as pazes com o móvel. Mesmo assim, achei que faltava alguma coisa e decidi adicionar uma moldura no topo. Fui até uma carpintaria com as medidas e fiquei com um funcionário "montando" um perfil. Nem sei quantas fresas foram usadas. No dia seguinte a peça estava pronta pra ir para casa, precisando só da aplicação de verniz com tingidor para combinar com o armário.

O armário ainda sem a moldura

O armário com a moldura sem verniz

Mas é claro que não podia ser tudo tão fácil. Mexer com o verniz foi um fiasco. Acumulava e escurecia nos frisos, ficava claro demais nas áreas lisas. Lixa, limpa, tenta de novo. Horror, horror. Depois de incontáveis tentativas, só a pintura com pistola deu certo. Eu já estava exausta, mas finalmente tirei mais uma coisa da minha lista. Pode parecer muito trabalho para um detalhe, mas acho que são essas pequenas coisas que fazem a diferença no final.

Quarto ainda meio sem graça, mas com a moldura da torre prontinha

Ah, vale contar também que os tecidos já viraram almofadas. Que nervosismo para fazer os cortes! Acabei só dividindo ao meio e tentei encaixar os desenhos. Achei que as emendas ficaram bem discretas.


Ainda estou decidindo se uso as almofadas com um jogo de cama branco ou azul (o azul está vencendo por uma pequena margem). Fora isso, só coisas pequenas para resolver - nada muito criativo, só alguns toques finais. Assim que tiver um tempinho para fotografar, mostro como ficou essa transformação por aqui.
Related Posts with Thumbnails